sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

FORUM SOCIAL MUNDIAL

FORUM SOCIAL MUNDIAL
O Presidente Lula falou ontem no Forum Social Mundial e criticou o modelo econômico adotado pelos países ricos e que foi fundamental para levar o mundo à grande crise mundial. Contando com a presença dos presidentes da Venezuela, Hugo Chavez, da Bolívia, Evo Morales, do Equador, Rafael Correia e do Paraguai Fernando Lugo, o Presidente Lula disse que se em 2001, no primeiro FSM, em Porto Alegre, dizíamos que "um novo mundo é possível", hoje digo que "um novo mundo é necessário e imprescindível". Segundo o Presidente, o mundo rico não tem lições a oferecer no combate a crise, pois durante todo tempo, eles apresentaram as soluções para todos os problemas dos países mais pobres, provocando desemprego e queda na produção em quase todo o mundo, com sua política de cortar gastos, fazer choques de gestão e demitir trabalhadores, agora é hora, na verdade, de investirmos e de colocarmos dinheiro no setor produtivo. O FMI, também foi criticado pelo Presidente, por ter ditado as cartilhas com todas as soluções para o mundo, agora, disse o Presidente, "esperamos que eles digam ao nosso querido Obama como ele deve consertar os EUA e aos demais países ricos como consertar a crise". Anunciou ainda, em Belém, a construção de um milhão de casas populares, nos próximos dois anos. Ao criticar a falta de regulamentação na economia e a tese de uma diminuição do estado, disse: " é o Estado que não prestava para nada, que está colocando bilhões de dólares para consertar a economia" (já tive oportunidade de falar aqui, sobre a "falência da teoria neo liberal").

Um comentário:

Anônimo disse...

[url=http://ebiteua.com/forum64-prostitutki-luganska-i-oblasti.html]Prostitutki Lugansk[/url]